Primeiras Impressões | Mahou Shoujo Ore, o candidato a anime bizarro da temporada

Se a temporada de Janeiro/Inverno de 2018 teve Pop Team Epic como anime mais bizarro, a temporada de Abril/Primavera tem um concorrente de peso. Estou falando de Mahou Shoujo Ore, uma das primeiras estreias, e já com dois episódios lançados.

Antes de tudo, vamos explicar o nome desta pérola. Mahou Shoujo é um gênero protagonizado por garotas mágicas, que se popularizou por conta de animes como Saylor Moon e Sakura Card Captors. Já o Ore é uma forma masculina de dizer “eu“. Com isso, é possível ter uma ideia da sinopse desta animação: uma garota que quando se transforma em mahou shoujo vira um homem musculoso. Japão, você se superou.

Isso pode parecer bizarro à primeira vista, mas não se preocupe, pois continua estranho independente maneira que você olhar. Mas, obviamente, o anime é totalmente voltado para o humor, incluindo paródias sobre o próprio gênero e zoando com clichês e arquétipos.

Por exemplo, o mascote fofo é trocado por um membro da yakuza, os monstros que a protagonista enfrenta são bichinhos fofos e musculosos e o interesse amoroso é um garoto que não fala e não demonstra emoções.

A justificativa para este tipo de abordagem é explicada logo no primeiro episódio. O anime tenta lidar com a temática com menos magia e mais realidade. Por isso, para lutar contra monstros e demônios, a forma masculina e bombada faz muito mais sentido, apesar de manter as roupas femininas. Outra diferença está no fato de que a protagonista precisa declarar seu amor em voz alta para se transformar, o que é bem constrangedor.

Ainda é mantido o famoso cajado mágico, mas sem a parte mágica, restando a protagonista apenas bater nos inimigos com ele. Por outro lado, a garota mágica também tem a sua disposição acessórios que parecem inofensivos à primeira vista, mas são extremamente letais.

A personagem principal da história é Saki, uma colegial comum que está tentando entrar para o ramo de idols, se não fosse o fato dela ser uma péssima cantora. Ela e sua amiga Sakuyo formam uma dupla sem popularidade, diferente da dupla composta por Hyoue e o irmão de Sakuyo/interesse amoroso de Saki, Mohiro.

Além das situações bizarras, os momentos cômicos também estão nas reações de Saki, principalmente pela protagonista ser muito mais expressiva que outras garotas deste gênero. Mas isso não significa que a animação tem uma excelente qualidade técnica.

O estúdio responsável é o Pierrot Plus (Beelzebub), que antes era conhecido como Studio Kikan, mas aparentemente se tornou uma subsidiária da Pierrot. Para os mais atentos, é possível perceber alguns recursos que tornam as ações dos personagens mais simplificadas, mas como estamos falando de uma comédia, isso não chega a ser um problema.

Caso você esteja procurando algum anime com uma proposta diferente para assistir nesta temporada, por enquanto, o principal nome é Mahou Shoujo Ore, que já se diferencia pela sua sinopse. O anime consegue divertir se você não se incomodar com garotas se transformando em homens bombados. Se você prefere algo diferente, mas que seja o oposto disso, procure por Ore, Twintail ni Narimasu.

Mahou Shoujo Ore
4.5

Comentário do Crítico

Mahou Shoujo Ore tem potencial para se tornar uma das principais comédias da temporada, parodiando elementos do gênero mahou shoujo e com uma proposta peculiar.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Start typing and press Enter to search