James Gunn é a pessoa mais animada com o acordo entre a Disney e a Fox

Na manhã de hoje, todos fomos “surpreendidos” com a notícia de que partes da 21st Century Fox tinham sido vendidas para a Disney, incluindo as divisões de televisão e cinema.

Se a compra foi positiva para o mundo do entretenimento, ainda é uma questão. Mas uma coisa é certa: muitos fãs da Marvel ficaram contentes ao saber que os X-Men e o Quarteto Fantástico finalmente vão poder estar nos filmes do MCU!

Porém, nenhum fã está mais feliz do que o diretor da franquia Guardiões da Galáxia, James Gunn.

Esse moço com o guaxinim

Como sabemos? Ele mesmo expressou sua empolgação através de sua página no Facebook:

“Apesar dos diversos aspectos da aquisição de divisões da 21st Century Fox por parte da Disney, eu, pessoalmente, estou incrivelmente feliz com isso, por razões óbvias.

Bem-vindos ao lar, velhos amigos.”

Deu até vontade de chorar, não?

Será que veremos um filme dos X-Men feito pelo mesmo homem que nos trouxe o Baby Groot? Ou, melhor ainda, um Quarteto Fantástico escrito e dirigido por ele? Quem sabe um Deadpool 3 com o Ryan Reynolds? O mercenário tagarela certamente combinaria com o estilo irreverente de Gunn.

Bom, isso só o tempo nos dirá. Só posso garantir duas coisas:

1 – As possibilidades são infinitas (não, não é um trocadilho).

2 – Se James Gunn vai fazer X-Men, Quarteto ou Deadpool, não temos como saber. Mas pelo menos ele já demonstrou interesse em explorar um carinha verde que se encaixaria perfeitamente num Guardiões da Galáxia:

“Eu acabei de ver esse cara parando na frente do meu escritório.”

Sim, ele mesmo, o grande DOOP!

Para quem não conhece, o personagem foi criado Peter Milligan e Mike Allred, e apareceu pela primeira vez nas histórias da X-Force. Basicamente, é uma bolha verde e voadora que faz coisas incríveis. Ah, e ele tem uma língua própria. Acham que é estranho o suficiente para ter uma participação em algum filme dos Guardiões?

Bom, pelo menos ele é bem amigo do Howard, então vai ver os dois aparecem dando um rolé juntos por aí:

Wolverine and the X-Men (1st series) #17

Sim, esse Howard. O mesmo que apareceu na cena pós-créditos do primeiro Guardiões da Galáxia:

E voltou numa breve cena do Volume 2:

Então… é só isso mesmo. Parece que nosso querido Doop não parou perto do escritório do senhor Gunn por mera coincidência. Se esse encontro vai render algum fruto? Bom, como escrevi antes, só o tempo dirá.

Mas que o James Gunn tá afim, isso ele tá.

 

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Start typing and press Enter to search