Os personagens que realmente morreram no MCU [ATUALIZADO]

CONTÉM SPOILERS!!!
.
.
.

Por conta de seus filmes leves e divertidos, é difícil vermos a Marvel Studios matar seus personagens no cinema. Quando isso acontece, eles voltam depois de um tempo, como nas HQs. Podemos citar como exemplo Phil Coulson, que depois apareceu na série Agents of Shield.

Mas, contrariando o que todos pensam, existem personagens que morreram de verdade e nunca mais os veremos novamente. Por isso, após os eventos de Vingadores: Ultimato, nossa equipe fez uma lista com as mortes definitivas desses 11 anos de MCU (em ordem cronológica). Confira no slide abaixo:

Groot

Se você não sabia dessa, é melhor se sentar e começar a chorar desde já. Em Guardiões da Galáxia, vimos Groot morrer após se sacrificar para proteger os outros guardiões, se tornando apenas um pedaço de galho. No final do filme, descobrimos que ele se transformou em uma pequena árvore dançarina, que veio a se tornar o Baby Groot. O que poucos sabem é que aquele Groot do primeiro longa, na verdade está morto. Quem confirmou foi o próprio James Gunn, diretor da franquia. Ele disse:

"É importante dizer que se você explodiu e uma pequenina parte sua começou a crescer como um bebê, eu não presumiria que esse bebê é você. Realmente acho que isso ficou mais óbvio no Vol. 2, considerando que Baby Groot possui uma personalidade diferente da de Groot, não possuindo nenhuma de suas memórias e é muito, mas muito mais burrinho".

Lady Frigga

Em Thor: O Mundo Sombrio, vimos Frigga, a mãe do Deus do Trovão, lutar bravamente contra Malekith. Pena que no fim isso não deu certo e ela acabou morta pelo vilão. A cena de seu funeral foi muito bonita e seguiu a tradição das homenagens Asgardianas.

Anos depois, ninguém esperava que víssemos a personagem novamente no MCU. Em Vingadores: Ultimato, quando Thor e Rocket viagem no tempo para pegar a Joia da Realidade - que, no caso, estava no formato do Éter - o Deus do Trovão reencontra a mãe, que logo percebe não tratar-se do filho que realmente conhece. É um momento simples e emocionante, que fortalece a relação dela com Thor.

Mercúrio

Uma das mortes mais lembradas pelos fãs é a do velocista Mercúrio, irmão da Feiticeira Escarlate. O personagem foi apresentado em Vingadores: Era de Ultron e morreu no mesmo filme. Para quem não se lembra, sua morte foi um tanto quanto estranha, já que ao invés de tirar as pessoas do caminho usando sua velocidade, ele se usou como escudo humano. Muitos esperavam que com a viagem no tempo de Ultimato o personagem retornaria, porém sua morte realmente foi definitiva.

Anthony

Talvez você não se lembre, mas Homem-Formiga também contou com uma importante morte. A formiga Anthony teve uma vida curta - assim como todas as formigas - mas não poderia ficar de fora da nossa lista. Mesmo sendo apenas um animal de computação gráfica, ele ajudou nosso protagonista no começo de sua jornada e teve uma morte com honra.

Anciã

Outra personagem que passou dessa pra melhor. A Anciã foi mestre de Stephen Strange (Doutor Estranho) em seu filme solo, responsável por um dos shooting stars mais legais da internet. Ela teve uma morte bem poética, servindo como motivação para o herói enfrentar, ou melhor, barganhar com Dormammu. Após esse fato, o personagem tomou o lugar dela e se tornou o Mago Supremo.

Em Vingadores: Ultimato, a personagem reaparece quando o Hulk/Bruce viaja no tempo para resgatar a Joia do Tempo, durante a Batalha de Nova York. É um momento interessante não só pela discussão sobre as Joias do Infinito e linhas temporais, como também porque o filme insere a personagem diretamente nos eventos de Os Vingadores.

Peggy Carter

Após conhecermos Peggy em Capitão América: O Primeiro Vingador, a personagem se tornou bastante popular, recebendo até mesmo uma série só pra ela com duas temporadas. Porém, em O Soldado Invernal, reencontramos a espiã bem mais velha e, logo depois, em Guerra Civil, assistimos ao seu funeral.

Entretanto, como vimos em Vingadores: Ultimato, o Capitão América teve um final feliz ao lado da amada. Ele voltou ao passado e, em uma realidade alternativa, viveu feliz ao lado de Peggy, tendo enfim a sua prometida dança.

T'Chaka

Capitão América: Guerra Civil realmente foi um filme com grandes perdas, já que o pai de T'Challa, o Pantera Negra, também morreu nesta produção. A morte do personagem foi importante para o filme solo, já que T'Challa precisou lidar com as consequências desse fato e assumir o trono como Rei de Wakanda.

Howard Stark

Ainda em Guerra Civil, tivemos a cena da morte de outro personagem. Estamos falando de Howard Stark, pai de Tony Stark, morto por Bucky enquanto ele estava sendo controlado. Tudo bem que já sabíamos de sua morte e que não teve uma grande participação no MCU (foi mais presente em Capitão América: O Primeiro Vingador), mas uma morte é uma morte, e não poderíamos esquecer. Afinal, foi por causa dela que Tony perdeu a cabeça no filme.

Detalhe que Howard foi mais um dos personagens que reapareceu em Vingadores: Ultimato. Quando o Homem de Ferro e Capitão América voltam aos anos 70, para recuperar o Tesseract e pegar as partículas Pym, Tony reencontra seu pai, aproveitando para conhecê-lo mais e agradecer por tudo que conseguiu fazer.

Yondu

Depois de sermos apresentados ao personagem em Guardiões da Galáxia e testemunharmos sua habilidade com assovios, Yondu recebeu um maior desenvolvimento na sequência que foi lançada em 2017, já que envolvia a paternidade de Peter Quill. Após dizer uma de suas frases mais célebres, ele se sacrificou para salvar o Senhor das Estrelas e também recebeu um belíssimo funeral com fogos de artifício coloridos. Um espetáculo visual, assim como o filme em si.

Odin

Se você chorou com a morte de Yondu, talvez não tenha acontecido o mesmo com a de Odin. Em Thor: Ragnarok, um dos filmes mais hilários da Marvel, o pai de Thor morreu de uma forma que poucos se importaram, inclusive seus filhos. Apesar da falta de peso dramático, Thor se tornou o rei de Asgard e inclusive adotou um visual parecido com o do pai.

Vale lembrar que o povo de Asgard não teve um fim agradável, já que a maioria foi morta por Thanos em Vingadores: Guerra Infinita. Como vimos em Ultimato, os que sobraram foram viver na Terra, mais precisamente em Tonsberg - que passa a se chamar Nova Asgard.

Heimdall

Vingadores: Guerra Infinita tem um dos inícios mais dramáticos do MCU. Após Thanos atacar a nave dos Asgardianos sobreviventes, vemos vários corpos no chão. Porém, Heimdall ainda está vivo.

Depois da luta entre o Titã Louco e Hulk, Heimdall percebe que o único jeito de poder ajudar é mandando o Gigante Esmeralda para a Terra, abrindo então a Bifrost. Ele consegue levar o herói para o planeta, porém isso irrita Thanos, que decide matar o guardião. E mesmo com os eventos de Ultimato, Heimdall não retornou.

Loki

O começo de Guerra Infinita também traz a dramática morte do Deus da Trapaça. Em um ato de desespero, Loki finge estar ao lado de Thanos, quando na verdade está escondendo uma adaga para matar o Titã Louco. E quando ele tenta atacá-lo, Thanos impede, e segura Loki pelo pescoço. Aos poucos, o Deus da Trapaça vai perdendo o ar e mudando de cor, nos preparando para sua inevitável morte. No final, Thanos joga o corpo morto de Loki no chão, dizendo: "Desta vez, sem ressureições."

E ao contrário do que muitos pensam, o Loki como conhecemos não voltou com os eventos de Ultimato. Na verdade, aquele que sumiu com o Tesseract, durante a viagem no tempo por Os Vingadores, é uma versão de outra realidade. Essa mesma deve ser utilizada na série solo, que será lançada na plataforma Disney+ (saiba mais aqui). Portanto, o Loki que todos amaram odiar, definitivamente morreu.

Gamora

Da mesma forma que Loki, a versão de Gamora como conhecemos definitivamente está morta. Em Guerra Infinita, Thanos decide jogá-la do penhasco em Vormir, para que possa obter a Joia da Alma. Essa é uma das mortes mais inesperadas e emocionantes do MCU.

Agora, o que temos é uma Gamora de 2014, lá do primeiro Guardiões da Galáxia. Uma versão que nunca esteve com os Guardiões, não construiu um relacionamento com o Peter Quill e nem passou por tantos eventos dramáticos. E como vimos em Vingadores: Ultimato, ela sumiu e Quill está a sua procura. Talvez, o terceiro filme do grupo mostre exatamente essa busca.

Visão

No fim de Guerra Infinita, o estalar de dedos do Thanos fez muitos heróis morrerem/desaparecem. Entretanto, antes dessa ação, um personagem teve que morrer: Visão.

Apesar da tentativa de Shuri em extrair a Joia da Mente do herói, o exército de Thanos interrompeu o processo. E mesmo que a Feiticeira Escarlate tenha matado seu amor para que o Titã Louco não pudesse pegar a Joia, o ato não serviu de nada. Após a morte, Thanos simplesmente usou a Joia do Tempo para reverter o processo, conseguindo a pedra e definitivamente matando o Visão.

Vimos em Ultimato que o ato não foi desfeito. Porém, poderemos ver mais do personagem em WandaVision, futura série do Disney+ (saiba mais aqui).

Viúva Negra

A morte da nossa querida Vingadora é cheia de controversas, mas não deixa de ser emocionante. Em Vingadores: Ultimato, quando os heróis decidem voltar no tempo, a Viúva e o Gavião Arqueiro ficam responsáveis por buscar a Joia da Alma - que, como já sabemos, está em Vormir. Lá, a dupla encontra o Caveira Vermelha, guardião do artefato. Ele conta para os personagens que uma vida precisa ser sacrificada para que a joia possa ser adquirida. Então, os amigos discutem sobre quem deve se sacrificar. Acaba que os heróis não entram em acordo, e eles lutam entre si para resolver a situação. Quando ambos ficam presos no abismo, Natasha olha para Clint e diz que não tem problema. Então, a heroína se joga, fazendo o público se despedir da personagem. No final do filme, ela não retorna.

Apesar de sua morte, poderemos conhecer mais da personagem em seu futuro filme solo, que está sendo planejado pela Marvel Studios. Ao que tudo indica, o longa deve explorar tudo que aconteceu antes dela entrar na SHIELD e a construção de sua amizade com Clint.

Homem de Ferro

No momento mais tenso de Vingadores: Ultimato, o herói olha para o Doutor Estranho, que faz o gesto de que só existe uma possibilidade: o sacrifício dele. Logo, para salvar o universo, o Homem de Ferro estala os dedos. Só que ele não aguenta tanto poder, e aos poucos assistimos à sua morte. A cena é pura emoção para todos os fãs que acompanharam a trajetória do personagem, principalmente pela excelente atuação de Robert Downey Jr., ganhando mais intensidade quando vemos Peter Parker/Homem-Aranha se despedindo de seu mentor.

A cena do funeral também é marcante, justamente por todos os heróis aparecerem. É como se eles estivessem representando os próprios fãs se despedindo do herói. Um final perfeito para o personagem que começou todo o Universo Cinematográfico Marvel.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Start typing and press Enter to search