Corra! e Stranger Things entre os principais indicados ao SAG Awards – confira a lista completa

A SAG-AFTRA (sindicato que representa atores de cinema e televisão, além profissionais de outras mídias) anunciou, na tarde desta quarta-feira (13), os indicados da 24ª edição do Screen Actors Guild Awards, premiação que homenageia, anualmente, os profissionais do campo da atuação no cinema e na televisão.

A premiação é tida como uma das mais influentes no mundo do entretenimento, além de ser um dos principais termômetros para o Oscar, uma vez que grande parte dos votantes do SAG é composta por membros da Academia.

Para se ter uma noção, desde 1996, todo o vencedor do Oscar de melhor filme foi indicado ao SAG de melhor elenco. Então, para começar, os filmes que não foram indicados nesta categoria, como Me Chame pelo Seu Nome, The Post e A Forma da Água, já tiveram suas chances de ser o grande vencedor do Oscar consideravelmente reduzidas. Isto é surpreendente, considerando o favoritismo sobre as três produções ao longo da temporada. Mas isto não significa que eles estão fora da disputa, até porque só cinco filmes são indicados a melhor elenco, e a categoria de melhor filme no Oscar aceita dez. Sem falar que normalmente um ou dois indicados ao prêmio de melhor elenco ficam de fora da corrida para Melhor Filme, na cerimônia da Academia.

Além disso, o peso do SAG para as categorias de atuação é muito grande, então podemos considerar que dos cinco indicados a cada categoria de atuação, pelo menos uns três devem ir para o Oscar. Isto também abre espaço para esnobados como Daniel Day-Lewis (Trama Fantasma), Armie Hammer (Me Chame pelo Seu Nome) e Meryl Streep (The Post) ainda conseguirem seu lugar na corrida pelo ouro. Até porque, no caso de Day-Lewis, o filme não chegou a tantos votantes a tempo, segundo o site Awards Circuit. O mesmo pode ter acontecido com The Post, de Spielberg, porque ele era uma grande aposta para a premiação, e acabou não sendo indicado a nada. A ausência de Meryl Streep é particularmente surpreendente.

Por outro lado, apostas certas, como Gary Oldman (O Destino de uma Nação) na categoria de melhor ator principal, Willem Dafoe (Projeto Flórida) em melhor ator coadjuvante e Frances McDormand (Três Anúncios para um Crime) em melhor atriz, foram concretizadas. Outro que estava garantido era Timothée Chalamet, por Me Chame pelo Seu Nome. Além de ter sido uma constante nesta temporada de premiações, o SAG tem um hábito muito particular de destacar o trabalho de atores mais jovens, contando sempre com atores mirins. Chalamet já tem 21 anos, mas parece que ele preencheu esse espaço.

De qualquer forma, a essa altura é seguro dizer que ele vai para o Oscar, mas se vai ganhar ou não, só saberemos no dia da cerimônia. E, não, não estou falando do Oscar, mas, sim, do SAG, porque quem ganha este prêmio costuma ganhar o Oscar. Há exceções, como na última edição, quando Denzel Washington (Um Limite Entre Nós) levou o SAG de melhor ator, mas perdeu para o Oscar para Casey Affleck (Manchester à Beira-Mar). Por outro lado, todos os outros vencedores (nas categorias individuais, devo enfatizar) levaram o Oscar. Então, é bom se atentar para isso, se quiser fortalecer seu bolão.

Na TV, eu diria que as únicas surpresas foram as diversas indicações de GLOW, até na categoria de melhor ator numa comédia, o que estourou o limite de indicados. A presença de Benedict Cumberbatch pelo episódio The Lying Detective, de Sherlcok, na disputa pelo prêmio de melhor ator numa minissérie ou filme televisivo também não era tão esperada, já que ele estava meio sumido desta temporada de premiações. Ainda assim, como foi indicado a um Emmy mais cedo neste ano, não foi exatamente um choque.

Quanto aos fãs de quadrinhos, que gostariam de ver os filmes de super-heróis sendo homenageados pelas atuações incríveis que apresentaram neste ano, não se desesperem: Logan e Mulher-Maravilha foram (merecidamente) indicados pelo trabalho da equipe de dublês.

A cerimônia de entrega do SAG vai acontecer no dia 21 de janeiro de 2018. Pela primeira vez, o SAG vai contar com uma apresentadora. No caso, será a atriz Kristen Bell (Perfeita é a Mãe 2; The Good Place).

Confira a lista completa de indicados:

Cinema

Melhor elenco de filme

Doentes de Amor

Corra!

Lady Bird

Mudbound

Três Anúncios Para um Crime

Melhor ator

– Timothée Chalamet (Me Chame pelo Seu Nome)

– James Franco (Artista do Desastre)

– Daniel Kaluuya (Corra!)

– Gary Oldman (O Destino de uma Nação)

– Denzel Washington (Roman J. Israel, Esq.)

Melhor atriz

– Judi Dench (Victoria & Abdul)

– Sally Hawkins (A Forma da Água)

– Frances McDormand (Três Anúncios Para um Crime)

– Margot Robbie (I, Tonya)

– Saoirse Ronan (Lady Bird)

Melhor ator coadjuvante

– Steve Carell (A Guerra dos Sexos)

– Willem Dafoe (Projeto Flórida)

– Woody Harrelson (Três Anúncios Para um Crime)

– Richard Jenkins (A Forma da Água)

– Sam Rockwell (Três Anúncios Para um Crime)

Melhor atriz coadjuvante

– Mary J. Blige (Mudbound)

– Hong Chau (Pequena Grande Vida)

– Holly Hunter (Doentes de Amor)

– Allison Janney (I, Tonya)

– Laurie Metcalf (Lady Bird)

Melhor equipe de dublês

Em Ritmo de Fuga

Dunkirk

Logan

Planeta dos Macacos: A Guerra

Mulher-Maravilha

Televisão

Melhor elenco numa série dramática

The Crown

Game of Thrones

The Handmaid’s Tale

Stranger Things

This Is Us

Melhor elenco numa série de comédia

Black-ish

Curb Your Enthusiasm

GLOW

Orange Is The New Black

Veep

Melhor ator numa série dramática

– Jason Bateman (Ozark)

– Sterling K. Brown (This Is Us)

– Peter Dinklage (Game of Thrones)

– David Harbour (Stranger Things)

– Bob Odenkirk (Better Call Saul)

Melhor atriz numa série dramática

– Millie Bobby Brown (Stranger Things)

– Claire Foy (The Crown)

– Laura Linney (Ozark)

– Elisabeth Moss (The Handmaid’s Tale)

– Robin Wright (House of Cards)

Melhor ator numa série de comédia

– Anthony Anderson (Black-ish)

– Aziz Ansari (Master of None)

– Larry David (Curb Your Enthusiasm)

– Sean Hayes (Will & Grace)

– William H. Macy (Shameless)

– Marc Maron (GLOW)

Melhor atriz numa série dramática

– Uzo Adubo (Orange Is the New Black)

– Alison Brie (GLOW)

– Jane Fonda (Grace and Frankie)

– Julia Louis-Dreyfus (Veep)

– Lily Tomlin (Grace and Frankie)

Melhor ator numa minissérie ou filme para a TV

– Benedict Cumberbatch (Sherlock: The Lying Detective)

– Jeff Daniels (Godless)

– Robert De Niro (O Mago das Mentiras)

– Geoffrey Rush (Genius)

– Alexander Skarsgard (Big Little Lies)

Melhor atriz numa minissérie ou filme para a TV

– Laura Dern (Big Little Lies)

– Nicole Kidman (Big Little Lies)

– Jessica Lange (Feud: Bette & Joan)

– Susan Sarandon (Feud: Bette & Joan)

– Reese Witherspoon (Big Little Lies)

Melhor equipe de dublês numa série de drama ou comédia

Game of Thrones

GLOW

Homeland

Stranger Things

The Walking Dead

 

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Start typing and press Enter to search