Crítica | Alerta Vermelho

Na última sexta (12), a Netflix disponibilizou em seu catálogo Alerta Vermelho, o filme mais caro da plataforma até então. Em todas as notícias e materiais promocionais sobre a obra, o grande chamariz sempre foi seu elenco estrelado, composto por Gal Gadot, Dwayne Johnson e Ryan Reynolds. O serviço de streaming sempre deixou claro que a proposta era fazer um grande blockbuster apostando no carisma dos protagonistas e, levando em conta que ele se tornou a maior estreia de um filme da empresa, o objetivo foi cumprido. Porém, isso não tem relação direta com a sua qualidade.

O projeto é escrito e dirigido por Rawson Marshall Thurber, que já trabalhou com The Rock em Arranha-Céu: Coragem Sem Limite e Um Espião e Meio. Desta vez, ele comanda um filme de roubo com ação e comédia, que gira em torno dos Ovos de Cleópatra. O problema é que a obra não se propõe a fazer nada de novo sobre o gênero, repetindo as mesmas dinâmicas – e até cenas – de outras produções, só que com um resultado abaixo do esperado. A falha acontece até mesmo na tentativa de ter uma escala mundial, pois os países ficam limitados a uma locação e são pouco explorados.

Sobre o elenco, os coadjuvantes não têm muito espaço para brilhar, mantendo a trama concentrada apenas nos três protagonistas. A maior parte do tempo é focada na relação entre John Hartley (Dwayne Johnson) e Nolan Booth (Ryan Reynolds) explorando o contraste entre os dois – que na verdade são os atores interpretando eles mesmos. Não foi dessa vez que acertaram o timing cômico de Reynolds, que aqui tenta fazer piada com tudo o tempo todo. Já Bispo (Gal Gadot) é quem seria a personagem mais esperta, habilidosa e que está sempre um passo à frente dos dois.

Mesmo que a obra tenha três atores carismáticos, colocá-los na tela pode garantir o público, mas não sua qualidade. Este tipo de projeto apenas reforça que um grande orçamento e um elenco de peso não são o suficiente sem uma boa história. Neste caso, por mais que seja atrativo visualmente, não há substância. Alerta Vermelho é muito bem produzido e tinha tudo para ser um grande blockbuster da Netflix, mas peca por não ter alma, sendo apenas um amontoado de ideias recicladas de Hollywood.

Alerta Vermelho está disponível na Netflix.

Alerta Vermelho
2.5

Comentário do Crítico

Apesar de ser muito bem produzido e com um elenco de peso, Alerta Vermelho ainda é um amontoado de ideias recicladas de Hollywood, prejudicado pelo péssimo timing cômico.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Start typing and press Enter to search