Liga da Justiça | Zack Snyder revela seus planos para as sequências

Em entrevista ao Esquire, o cineasta Zack Snyder revelou seus planos para as sequências de Liga da Justiça. A ideia era fazer uma trilogia, mas a Warner não tem interesse em continuar o Snyderverso – saiba mais.

De acordo com o cineasta, Liga da Justiça 2 seria ambientado no futuro alternativo que aparece no epílogo, onde o Superman seria um vilão e a única forma de consertar o mundo era Flash voltar no tempo e avisar Bruce para salvar Lois:

O filme seria basicamente sobre um grupo desorganizado de membros da Liga da Justiça realizando a missão maluca de roubar uma caixa materna de uma catedral semi-destruída em Gotham e levá-la de volta para a Batcaverna para usá-la para alimentar a esteira cósmica para fazer o Flash voltar no tempo.”

Snyder ainda conta que na noite anterior à grande missão, eles teriam uma última ceia, onde todos contariam suas histórias. Uma delas seria como o Coringa matou Robin. Também seriam filmadas as mortes de personagens importantes, como Aquaman, Arlequina e Lois Lane. No fim, Superman consegue matar todos, menos Flash, que consegue voltar no tempo.

Já o terceiro longa mostraria a batalha entre Darkseid e os defensores da Terra. Mulher-Maravilha seria a rainha de Themyscira, enquanto Arthur lideraria o exército de Atlantis. Após um sacrifício do Batman, Superman seria o líder da Liga da Justiça e o do exército dos Homens:

“E assim ele teria passado deste tipo de Superman furioso para um Superman benevolente. Superman tem o maior arco de todos porque ele vai de vilão principal para o herói principal.”

O diretor também confirmou que Lois Lane está grávida em Liga da Justiça e a ideia era que seu filho se tornasse o novo Batman após a morte de Bruce Wayne:

“Eu sempre quis que Barbara Gordon aparecesse no cinema. O comissário Gordon estaria de saída e teríamos Barbara começando a desempenhar um papel maior. Minha ideia era que, após o Batman se sacrificar, haveria um período onde não haveria Batman, e pensei que Barbara poderia preencher isso até que o filho do Superman e Lois, que não tem poderes, se tornasse o Batman quando ele fosse maior.”

Snyder ainda planejava spin-offs, como um filme solo focado em Ciborgue e um filme do Eléktron estrelado por Ryan Choi, vivido por Kai Zheng em Liga da Justiça:

“Eu queria mais para o personagem de Ryan Choi. Havíamos conversado um pouco sobre a possibilidade de um filme do Eléktron filmado inteiramente na China. Pensei que era uma ótima ideia. Isso foi há um tempo, era literalmente no final de 2015. Eu pensei: ‘vamos fazer um filme de super-herói ambientado na China com uma estrela chinesa’. Kai Zheng é realmente fascinante e eu tive uma ótima experiência filmando com ele”.

Outro personagem que marcaria presença é John Stewart. Ele seria apresentado já no final de Liga da Justiça, em uma conversa com Bruce Wayne. Porém, a Warner vetou a participação, sendo substituído pelo Caçador de Marte:

“A última cena com o Caçador de Marte, originalmente, eu tinha filmado na Inglaterra. O diálogo era muito parecido, mas era para ser um dos Lanternas. O estúdio me disse que eu não tinha permissão para filmar nada, que não teria filme de jeito nenhum. Eles insistiram nisso durante a produção.

Eu filmei de qualquer maneira, no meu quintal, e uma delas foi a cena do Lanterna Verde. Então eles falaram que se ele estivesse lá quando assistissem, iriam tirar. Eu disse que desistiria se fizessem isso, e me senti mal. A verdade é que eu não queria que os fãs não tivessem um filme só por causa da decisão que iria tomar.

O Lanterna Verde era John Stewart, e isso também era uma questão. Eu pensei: ‘eu não quero tirar uma pessoa negra desse filme. Eu não vou fazer isso’. Mas eu senti que ter o Caçador de Marte de Harry Lennix no final estaria tudo bem.”

Liga da Justiça de Zack Snyder está disponível em plataformas digitais.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Start typing and press Enter to search