Mulan | Produtor explica por que a personagem não corta o cabelo no live-action

Na animação clássica de Mulan, lançada em 1998, uma das cenas mais icônicas é quando a protagonista corta seu cabelo para lutar na guerra no lugar do pai. Já na versão live-action, o momento ficou de fora. Em entrevista ao Slash Film, o produtor Jason Reed explicou o motivo:

“Na animação da Disney, a cena em que ela está cortando o cabelo, na verdade é um anacronismo. Então, guerreiros chineses, guerreiros homens usavam cabelos compridos. Os chineses usavam cabelos compridos. Para ela cortar o cabelo, isso a faria parecer mais uma mulher do que menos uma mulher na realidade. Como estamos fazendo a versão live action, porque estamos olhando para o mercado mundial, pensamos que deveríamos trazer esse nível de precisão cultural para ela.”

Mesmo que a personagem não corte seu cabelo, Reed mencionou que há uma diferença no visual de Mulan antes e depois dela entrar para o exército:

“Quando a vemos pela primeira vez no filme, como uma simples garota da vila, seu cabelo está para trás, mas caído (em um rabo de cavalo). Ela é muito tradicional. Quando ela entra no exército, ela tem que usar os cabelos para cima, como todos os homens, para que ela se misture e se pareça com todo mundo. E então, antes de entrar nessa cena, ela percebe que, para ajudar seus camaradas e cumprir seu dever, ela também precisa ser fiel a si mesma e, em parte, é como nós a vemos, seus cabelos caem, estão voando ao vento, ela é totalmente incrível. E é assim que tentamos imitar visualmente a temática da história também.”

live-action de Mulan será dirigido por Niki Caro e escrito por Rick Jaffa e Amanda Silver. O longa é estrelado pela atriz chinesa Liu Yifei.

Mulan estreia no dia 26 de março de 2020, nos cinemas brasileiros.

Sobre o Autor /

Formado em Cinema e Publicidade na PUC-Rio, colab do TechTudo, maquinista do Trem do Hype.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Start typing and press Enter to search