Os Melhores Filmes de 2018

Antes de nos despedirmos de 2018, a redação do Trem do Hype não poderia deixar de selecionar os 10 melhores filmes dos últimos 12 meses. Foi um ótimo ano para o cinema, incluindo o gênero de super-heróis e as produções nacionais. E chegando a um consenso, elegemos os melhores baseando-se em nossas listas pessoais (que podem ser conferidas no fim do post).

Veja abaixo nosso TOP 10 e aproveite para ler a crítica de cada filme, clicando no título:

10. As Boas Maneiras

Poucos filmes deste ano são tão ousados quanto As Boas Maneiras. O longa de Juliana Rojas e Marco Dutra mescla fantasia, terror, romance, aventura, comédia e (até) musical numa história única que, entre muitas coisas, fala sobre os sacrifícios que fazemos em nome do amor. A direção atmosférica consegue filtrar todas essas inspirações diferentes e tornar o filme muito próprio.

Também vale destacar o roteiro, que além de altamente alegórico e atual, consegue recuperar elementos interessantes do folclore nacional. Qualquer detalhe a mais sobre a trama poderia estragar algumas das diversas reviravoltas presentes, então só basta adicionar uma recomendação: assistam a esse filme! – José Gabriel Fernandes

9. Missão: Impossível – Efeito Fallout

Missão: Impossível é um dos casos raros onde uma franquia consegue ficar cada vez melhor com o passar dos anos. Com Christopher McQuarrie de volta na direção, o longa não deve nada em relação aos anteriores – incluindo tecnicamente -, trazendo cenas de ação de tirar o fôlego e uma trama digna de um filme de espionagem. Também podemos conferir Tom Cruise mais maluco do que nunca e Henry Cavill como uma adição ao elenco muito bem-vinda.Gabriel Santos

8. Nasce Uma Estrela

Ninguém esperava o sucesso estrondoso de Nasce Uma Estrela. Sendo a quarta versão de uma mesma história, o risco da repetição era iminente. Mas esse drama/romance conseguiu trazer algo novo e emocionar grande parte do público (derramei lágrimas nas duas vezes que assisti), se tornando uma das maiores apostas para o Oscar 2018. Muito desse sucesso se deve às atuações de Bradley Cooper e Lady Gaga, que mostraram uma química perfeita em tela e belas performances musicais. Além disso, esse filme foi o primeiro que Cooper dirigiu, revelando mais um talento do artista.Pedro Henrique Figueira

7. Jogador Nº 1

Uma das melhores experiências que tive no ano foi ir ao cinema e assistir a esse mar de referências que foi Jogador Nº 1. O trabalho que Spielberg teve de adaptar o mundo de Ernest Cline para as telas – mesmo errando em alguns pontos, comparando as duas obras – é surpreendente, pois sempre haverá algo com o que podemos nos identificar. E, no fim das contas, Jogador Nº 1 foi quase uma premonição para o que viria a acontecer no final de 2018 para os videogames…Bruno Brum

6. Trama Fantasma

Se esse perverso romance nos prova algo, é que alguns autores envelhecem como vinho. Aqui, Paul Thomas Anderson chega ao resultado mais preciso e potente de sua extensa carreira. É uma verdadeira orquestração da mise en scène, em todos os seus aspectos. Desde o design de produção luxuoso até a música melódica, tudo é usado de forma a realçar a decupagem detalhista de Anderson.

Todos esses elementos são combinados a fim de contar uma história madura e complexa sobre as contradições e dificuldades dos relacionamentos adultos, com direito a um dos personagens mais memoráveis do lendário Daniel Day-Lewis. – José Gabriel Fernandes

5. Um Lugar Silencioso

Assim como previ na crítica, Um Lugar Silencioso é o melhor filme de terror no ano, trabalhando o som de uma forma nunca antes vista, pois os monstros são atraídos por qualquer tipo de barulho. Assisti-lo no cinema é realmente uma experiência incrível pela imersão que cria ao espectador. A atmosfera de perigo constante e a excelente atuação, com destaque para Emily Blunt, fazem dele uma produção que não poderia ficar de fora da lista.Gabriel Santos

4. As Viúvas

As Viúvas é uma evidência de que Steve McQueen é um dos melhores diretores da atualidade. Sua visão de mundo rigorosa é transmitida com muita nitidez pelos seus longos planos-sequência, movimentos de câmera bem-fundamentados e a reprodução crua dos eventos retratados. Com isso, sentimentos intensos são passados para o espectador, proporcionando uma experiência altamente visceral.

O roteiro de McQueen e Gillian Flynn (Garota Exemplar), por sua vez, consegue captar perfeitamente as inquietações da vida moderna com uma história diversa e envolvente. O arco da personagem de Viola Davis é o mais simbólico de todos e sua atuação é um dos pontos altos do filme, que já é repleto de acertos. O resto do elenco também não fica atrás, com destaque para Daniel Kaluuya que se consolida como um dos melhores atores de sua geração.José Gabriel Fernandes

3. A Forma da Água

A Forma da Água é um filme simples, não tenta inventar uma trama completamente original (segue a ideia da Bela e a Fera), mas são seus pequenos detalhes que o tornam uma obra de arte digna de Oscar! É mais que um romance impossível: é um suspense de Guerra Fria, uma ficção de monstros, um filme que fala sobre preconceito… É A Forma da Água.Bruno Brum

2. Vingadores: Guerra Infinita

Quem imaginaria que depois de 10 anos de filmes, a Marvel Studios conseguiria nos surpreender mais uma vez, com Vingadores: Guerra Infinita? Pois é. O épico encontro de todos os personagens foi histórico para o cinema, parecendo que estávamos assistindo os quadrinhos ganhando vida nas telonas! Guerra Infinita conseguiu aliar ação, emoção e diversão, empolgando não só os leitores das HQs, mas também o público que acompanhou esses personagens durante tanto tempo. Os Irmãos Russo conseguiram fazer algo incrível e sensacional.Pedro Henrique Figueira

1. Pantera Negra

Só o impacto cultural causado pelo filme já mostra que Pantera Negra é muito mais do que uma história de super-heróis: se trata de uma ilustração do racismo estrutural e seus devastadores efeitos. Isso se deve ao roteiro, que engenhosamente constrói um contraste entre T’Challa e Killmonger.

Mas não é por isso que a parte “super-heróica” é deixada de lado. Muito pelo contrário, a direção de Ryan Coogler se preocupa na construção de um herói tradicional (no melhor sentido da palavra). Ele é um verdadeiro representante de Wakanda, um país fictício que passa a existir em nossas imaginações com toda a sua magia e riqueza. A cultura que é formada ali é festiva, colorida e cativante, nos transmitindo um desejo de pertencimento e uma simpatia instantânea pelo poderoso Pantera Negra.

Mas, apesar de ser pautado pela tradição, T’Challa não abre mão dos questionamentos trazidos pelos problemas atuais, estando disposto a mudar sua visão de mundo e a política de seu país. É assim que se cria um verdadeiro herói, dando a milhões de crianças ao redor do mundo um verdadeiro modelo a ser seguido.

Vida longa ao Rei!José Gabriel Fernandes

Menções Honrosas:

  • Bumblebee
  • Buscando…
  • Homem-Formiga e a Vespa
  • O Primeiro Homem
  • Você Nunca Esteve Realmente Aqui

Listas Individuais:

Bruno Brum

  1. Vingadores: Guerra Infinita
  2. A Forma da Água
  3. Pantera Negra
  4. O Primeiro Homem
  5. As Viúvas
  6. Um Lugar Silencioso
  7. Jogador Nº 1
  8. Han Solo: Uma História Star Wars
  9. Homem-Formiga e a Vespa
  10. Tomb Raider: A Origem

Gabriel Santos

  1. Vingadores: Guerra Infinita
  2. Pantera Negra
  3. Missão Impossível: Efeito Fallout
  4. Bumblebee
  5. Um Lugar Silencioso
  6. Jogador Nº 1
  7. Homem-Formiga e a Vespa
  8. A Forma da Água
  9. Ilha dos Cachorros
  10. Artista do Desastre

Pedro Henrique Figueira

  1. Pantera Negra
  2. Nasce Uma Estrela
  3. Vingadores: Guerra Infinita
  4. Buscando…
  5. A Forma da Água
  6. Aos Teus Olhos
  7. Benzinho
  8. O Ódio Que Você Semeia
  9. Com Amor, Simon
  10. Ilha dos Cachorros

José Gabriel Fernandes

  1. Trama Fantasma
  2. As Viúvas
  3. Pantera Negra
  4. As Boas Maneiras
  5. Você Nunca Esteve Realmente Aqui
  6. Halloween
  7. Infiltrado na Klan
  8. 120 Batimentos Por Minuto
  9. Sem Amor
  10. A Forma da Água

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Start typing and press Enter to search