Toy Story 4 foi escrito em segredo antes do lançamento do 3º filme

Quando Toy Story 3 estreou nos cinemas, os fãs entenderam que a Disney e Pixar encerraram a franquia e não fariam novos filmes dos brinquedos. Porém, nove anos depois, o quarto filme chega às telas dos cinemas.

A questão é que muitos não sabiam que Toy Story 4 já estava nos planos dos estúdios, antes mesmo da estreia do terceiro. A informação foi revelada pelo diretor Josh Cooley, em entrevista ao ComingSoon. De acordo com ele e os produtores Mark Nielsen e Jonas Rivera, o quarto longa já estava sendo planejado, mesmo com as informações de que a franquia tinha sido encerrada:

“Andrew Stanton, um dos escritores que escreveu todos os filmes de ‘Toy Story’, começou o esboço para o 4, enquanto o 3 ainda estava terminando”, disse Cooley. “Mas ele manteve em segredo. Nós não sabíamos, eu estou falando por todos nós.”

Na verdade, apenas Stanton e alguns membros seletos da Pixar sabiam que um novo roteiro estava sendo escrito. O produtor Rivera explica que a ideia tomou forma e acabou se tornando algo valioso:

“Isso começou a nos iluminar um pouco e, lentamente, começamos a pensar: ‘O que aconteceria se Woody fizesse tudo certo, ele sobrevivesse a tudo, ele se deu bem com a Bonnie?’ E o que percebemos nessa discussão foi que o final do 3 é realmente o fim da história de Andy, mas Toy Story é sobre o Woody … Agora que estou dizendo isso, estou percebendo que os filhos de Andrew tinham ido para a faculdade e mudou-se. Então, definitivamente há algo disso aqui. Tipo, o que você faz quando faz tudo certo e sua vida não acabou? Você tem que se reinventar. E isso foi uma espécie de quebra, como Woody faria isso? Isso foi interessante para nós.”

Esta jornada profundamente pessoal para Woody não foi a principal coisa que Stanton trouxe à sua ideia original. Seu objetivo principal foi o retorno de Betty para a franquia:

“Betty tinha retornado. E isso foi muito bom. […] Você começa a entender que isso é o que o filme está querendo dizer,. […] ‘E se a Betty voltasse?’ Foi isso”, acrescentou Cooley.

Ele continuou: “Foi interessante. Nós conhecemos esse personagem. O que ele faria nessa nova situação? Então nós apenas seguimos caminhos diferentes, e apenas uma coisa aleatória de colocar o Garfinho. E então ficamos tipo: ‘Bem… Na verdade, Garfinho o obriga a explicar o que significa ser um brinquedo’. E assim, todas essas coisas começaram a cair lentamente ao longo do tempo. E sobre aquela parte de Woody na estrada com Garfinho, ele fala basicamente sobre o que significa não ter mais o seu filho morando em casa. Quando Andrew escreveu isso, li e chorei porque estava escrito de maneira tão impressionante. E eu até disse a ele: ‘Ninguém mais poderia escrever isso. Você já experimentou isso e eu pude senti-lo no texto.'”

Toy Story 4 está em cartaz nos cinemas.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Start typing and press Enter to search