WandaVision | Confira as referências e easter-eggs do terceiro episódio

Ontem (22), o Disney+ lançou o terceiro episódio de WandaVision. Depois de destacar as referências e easter-eggs da estreia – saiba mais -, chegou a vez de apontar o segredos do episódio mais recente. Confira a lista abaixo:

The Mary Tyler Moore Show

A abertura de WandaVision no episódio é uma referência direta ao The Mary Tyler Moore Show.

The Brady Bunch

Já o final dos créditos é inspirado na abertura de The Brady Bunch.

A casa

A nova casa de Wanda e Visão é inspirada na casa de The Brady Bunch, incluindo o modelo das escadas.

O balanço

Inclusive, o balanço que Visão constrói lembra o mesmo da série The Brady Bunch, incluindo o detalhe da cerca e o canteiro de flores.

Wentworth

A loja que aparece na abertura de WandaVision pode ser uma referência à personagem Deidre Wentworth, dos quadrinhos. Ela é recrutada para o grupo Dark Avengers por Norman Osborn como Ms. Marvel.

Simser

Wanda pinta sua casa com as tintas Simser. Essa é uma menção ao artista de storyboard Jeremy Simser, que trabalha em WandaVision, Doctor Strange in the Multiverse of Madness e She-Hulk.

Shakespeare

Quando Visão sugere para Wanda dar o nome de Billy ao filho, ele cita a peça As You Like It, de William Shakespeare: “O mundo é um palco. Homens e mulheres, meros atores”. A frase se refere ao fato de que Wanda criou uma realidade controlada por ela e todos estão interpretando papéis.

Boneca

A boneca que Visão usa para praticar a troca de fraldas se parece com a boneca Kitty Karry-All de Cindy em The Brady Bunch.

Pose

Quando a gravidez de Wanda começa a causar problemas na casa, ela e Visão fazem uma pose que remete à capa de The Vision and the Scarlet Witch #1.

Super velocidade

No terceiro episódio, Visão usa a habilidade de super velocidade para chamar o médico e pegar uma fruta. Na verdade, ele não possui esse poder originalmente, e sim Mercúrio.

Sintezoide

Quando Wanda pergunta para Visão se o bebê será humano ou sintezoide é uma menção à HQ Visão, de Tom King. Nela, o personagem cria uma realidade onde vive com uma família perfeita e todos são sintezoides.

Billy

Quando Visão diz que espera que Billy pareça com a mãe é uma referência aos quadrinhos, onde o personagem possui as mesmas habilidades mágicas de Wanda.

Tommy

Mais tarde, no mesmo episódio, vemos que Tommy nasce primeiro que Billy. Isso é uma referência à sua habilidade de super-velocidade, mostrando que ele é mais rápido que o irmão.

Hydra Soak

A série continua mostrando comerciais que remetem aos traumas de Wanda. Dessa vez aparece o pó de banho Hydra, que faz referência à Agents of SHIELD, quando Coulson menciona o sabonete controlador de mente da Hydra.

O comercial ainda diz “Fuja para um mundo todo seu, onde seus problemas vão embora”, como na situação criada por Wanda na série.

Jornal

A Hydra também aparece no jornal de Phil. Na verdade, a notícia é “Two fire hydrants added on main street” (Dois hidrantes de incêndio adicionados na rua principal). Também há gêmeos no abajur da casa deles.

Os gêmeos

Assim como na série, Wanda e Visão também têm gêmeos nos quadrinhos chamados Billy e Tommy. Eles foram criados a partir dos fragmentos da alma de Mephisto. Mais tarde, suas almas reencarnam em Wiccano e Célere, membros dos Jovens Vingadores.

A gravidez acelerada

No episódio 3, Wanda tem uma gravidez acelerada, que funciona como um alívio cômico para a série. Nos quadrinhos, Wanda dá a luz depois de algumas horas que descobre que está grávida.

Além disso, assim como na hq, os médicos não sabiam que Wanda estava grávida de gêmeos, então a chegada do segundo filho foi uma surpresa. Aliás, o parto foi feito pelo Doutor Estranho.

Difícil escapar

Quando Visão pergunta ao médico se ele ainda vai viajar, ele diz que não, pois é “difícil escapar” de cidades pequenas. Essa é outra referência ao fato de que todos estão presos nessa realidade.

Pietro

Quando Wanda diz que era uma gêmea e seu irmão se chamava Pietro é a primeira vez que o personagem é mencionado desde sua morte em Vingadores: Era de Ultron.

Sokovia

Além disso, Wanda canta uma canção de ninar na língua de Sokovia para Billy e Tommy. A personagem não fala nessa língua desde a morte de Pietro.

O cordão

O cordão usado por Geraldine tem o símbolo de uma espada, fazendo menção ao logotipo da SWORD que aparece nos episódios 1 e 2.

O broche

O broche usado por Agnes no episódio 3 lembra o mesmo de Agatha Harkness nos quadrinhos. Há teorias de que ela seja a própria Agatha, uma poderosa bruxa e mentora de Wanda.

Além disso, parece que uma das pessoas do broche está com uma foice, fazendo menção ao Ceifador, vilão da HQ Visão, de Tom King.

SWORD

Quando Geraldine/Monica Rambeau é expulsa da realidade criada por Wanda, ela é cercada por carros com a logo da SWORD. Há uma teoria de que a personagem trabalha para a organização e foi enviada para monitorar Wanda e Visão.

Daydream Believer

A música “Daydream Believer”, que toca no fim do episódio é uma referência à trama da série, onde Wanda está presa em um devaneio e tentando acreditar que aquela seja sua realidade.

Sobre o Autor /

Formado em Cinema e Publicidade na PUC-Rio, colab do TechTudo, maquinista do Trem do Hype.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Start typing and press Enter to search